Clicky

Aborto por Nascimento Parcial

Aborto por Nascimento Parcial

 - Conforto em um mito
Você está aqui: Assuntos Populares >> Aborto por Nascimento Parcial

Aborto por Nascimento Parcial – Encontrando conforto em um grande mito
Aborto por nascimento parcial foi o tema em um artigo recente do Wall Street Journal. Encontre a seguir uma carta ao editor do Wall Street Journal respondendo ao artigo (fonte: Wall Street Journal, 14 de maio de 2001).

Aborto por Nascimento Parcial – Carta ao editor
O jornal informou a seus leitores que o aborto por nascimento parcial é um procedimento "raro", "normalmente realizado quando a vida da mãe estiver em risco ou quanto estiver determinado que o feto tem anomalias graves" ("Drive to Ban Abortion Procedure Slows", 27 de abril). Mas essas reivindicações, fabricadas em 1995 por grupos de advocacia a favor do aborto, tinham sido completamente refutadas no início de 1997.

O jornal disse que "os críticos... afirmam que o processo às vezes é usado em circunstâncias que não são de estado grave". Na verdade, abortistas e seus porta-vozes contratados admitiram que o aborto por nascimento parcial é rotineiramente utilizado em casos de abortos eletivos, geralmente no quinto e sexto mês de gravidez. Por exemplo, Ron Fitzsimmons, diretor executivo da National Coalition of Abortion Providers, disse ao The New York Times que "na maioria dos casos, o procedimento é realizado em uma mãe saudável, com um feto saudável" (26 de fevereiro de 1997) .

Sr. Fitzsimmons estimou em outras fontes que 4,000-5,000 abortos são realizados anualmente pelo método de nascimento parcial. Ele lamenta por seu próprio papel na propagação do que ele chamou de ”jogo de partido", afirmando: "Menti demais". A alegação de que o aborto por nascimento parcial seja usado apenas ou principalmente em circunstâncias médicas raras também foi desmentida pelos repórteres do Hackensack (NJ) Record e do Washington Post, entre outros. Estes repórteres entrevistaram vários abortistas, os quais prontamente confirmaram que usam esse método de aborto em casos de escolha pessoal.

Em janeiro de 1997, "Media Matters", o programa de crítica da mídia exibido por PBS, tratou como um caso de estudo a má comunicação por parte da mídia em divulgar as mentiras dos defensores do aborto por nascimento parcial.

Para um respeitado jornal nacional ressuscitar tal flagrante desinformação quatro anos depois pode demonstrar como alguns jornalistas estão ligados aos mitos reconfortantes sobre o aborto.

Douglas Johnson, Diretor Legislativo
National Right to Life Committee
Washington, DC

Aborto por Nascimento Parcial - Não caia na complacência
Aborto por nascimento parcial é absolutamente grotesco. Se você não souber como o procedimento funciona, ou quando está acontecendo, então descubra. Para cruzarmos os braços e permitir que o aborto de nascimento parcial seja aceito como normal pela maioria, para dizermos que este é um problema político e não uma questão moral/ ética / religiosa, é ridículo e triste. Eduque-se - então comece a falar!

Aprenda mais agora!


Gostou dessa informação? Ajude-nos ao compartilhar esse artigo com outras pessoas usando os botões dos sites sociais abaixo. O que é isso?




Siga-nos:




English  
Social Media
Siga-nos:

Compartilhar:


Assuntos populares

Aborto por Nascimento Parcial
Origem de Halloween
Engenharia Genética Humana
Aborto Eletivo
Cartas de Tarô
Nova Ordem Mundial
Profecia de Nostradamus
Prós e Contras da Pesquisa com Célula-Tronco
Separação Igreja-Estado nos EUA
Conteúdo adicional ...

Deus existe cientificamente?
Deus existe filosoficamente?
A Bíblia é a verdade?
Quem é Deus?
Jesus é Deus?
Por que a fé cristã?
Como posso crescer com Deus?
Desafios da vida
Recuperação
 
 
 
Pesquisar
 
Add Aborto por Nascimento Parcial to My Google!
Add Aborto por Nascimento Parcial to My Yahoo!
XML Feed: Aborto por Nascimento Parcial
Assuntos Populares Página principal | Sobre nós | Perguntas Frequentes | Mapa do Site
Copyright © 2002 - 2016 AllAboutPopularIssues.org, Todos os direitos reservados.